Assuntos de Goiás TV

domingo, 25 de março de 2012

Harley faz diferença e Goiás vence Dragão http://youtu.be/p_23zypafLE http://pic.twitter.com/GE6qe50X @QB_7



Com o goleiro Harley inspirado, o Goiás venceu o Atlético na tarde desta sábado no estádio Serra Dourada e abriu quatro pontos de vantagem para o rival, faltando 12 pontos para ser disputados ainda.

A partida não foi monótona em nenhum momento, muito pelo contrário, as emoções estiveram presentes a todo instante e a cada lance de ataque o torcedor do Dragão ou do Goiás tinham algo para comemorar ou lamentar.

O primeiro tempo terminou zero a zero, mas logo na saída  de campo dava para perceber que o time esmeraldino estava mais conciênte do que queria, enquanto que os jogadores do Atlético pareciam contentes com o resultado.

Ramón, que esta caindo nas graças do torcedor, abriu o placar de cabeça, após cobrança de escanteio de Egídio.

Com a vantagem o Goiás deu uma relaxada e permitiu que por alguns instantes o Atlético ditasse o ritmo do jogo. Foi ai que em um descuido coletivo e uma imprudência do defensor esmeraldino, o jogador atleticano sofreu penalti, bem marcado por Paulo césar de Oliveira.

Penalti marcado não significa bola na rede, ainda mais quando se tem pela frente um inspirado goleiro Harley, que lembrou muito daquele jovem que queria muito vencer na vida com a camisa do Goiás.

Marcão bateu mal, mas isso não diminui em nada o feito do goleiiro esmeraldino, que esta ali para isso mesmo, defender, mas quando se trata de penalti não é obrigação dele, é a consagração.

No Goiás é assim a 13 anos, se o time está bem e conquistando as vitórias, pode ter certeza que o Harley tem a sua parcela de responsabilidade. O torcedor que ovacionou o melhor jogador da partida hoje, é o mesmo que sempre pede a saída do goleiro quando o time não vence.

Tanto Goiás, quanto o Atlético, são times em formação, mas o Dragão por ter uma base sólida que atua junta à algumas temporadas esta deixando a desejar em suas partidas e deu mostras no jogo diante do Goiás que alguns jogadores estão sentindo o peso da responsabilidade de ser um time de série "A".

Do outro lado o céu é de brigadeiro e mesmo tendo seu principal jogador (Felipe Amorim) deixando o campo contundido, o Goiás mostra evolução de um jogo para outro.

Como dissemos no ínicio, as duas equipes estão em formação, mas se os objetivos já foram traçados para a temporada 2012, posso afirmar para os torcedores que o Goiás é um time quase pronto para voltar a série A, enquanto que o Atlético terá que reformular seus planos se não quiser amargar um rebaixamento este ano. 


Pesquisar este blog

Seguidores